Extbase Variable Dump
TW\Twglossary\Domain\Model\Glossaryprototypepersistent entity (uid=18, pid=118)
   headline => protected'Vigilante do elevador e serviço de vigilância do elevador' (59 chars)
   subheadline => protected'Âmbito das funções de um vigilante do elevador' (49 chars)
   title => protected'Vigilante do elevador' (21 chars)
   description => protected'<h3>Deveres e funções do/da vigilante de um elevador</h3>
No regulamento 
      sobre sistemas de elevadores (Regulamento relativo a elevadores - AufzV) §
      20 estão apresentados os deveres e as funções de um vigilante do elevador
      :<br /><br />(1) Quem opera um sistema de elevador, no qual são transportad
      as pessoas, deve, no mínimo, solicitar um vigilante do elevador e instruir
      o mesmo, <ol><li>a vigiar o sistema,</li><li>comunicar as falhas que ocorra
      m no sistema a determinadas pessoas,</li><li>impedir a continuidade de utili
      zação do sistema, se forem colocados em risco pessoas encarregadas da repa
      ração de falhas ou terceiros,</li><li>a intervir, se ficarem presas pessoa
      s na cabina do elevador devido a avarias operacionais.</li></ol> Deve garan
      tir que um vigilante do elevador está contactável a qualquer momento, enqu
      anto o sistema estiver disponível para utilização.<br /><br />(2) Apenas
      pode ser designado vigilante do elevador quem tiver completado 18 anos de id
      ade e comprovado a sua competência para as suas funções num exame efetuad
      o pelo perito. Os certificados dos exames devem ser conservados no local de
      operação do sistema.<br /><br />(3) A autoridade fiscalizadora pode ordena
      r que, um vigilante do elevador que não possua a competência necessária o
      u que infrinja repetidamente as prescrições deste regulamento ou que de ou
      tra forma se tenha mostrado como não fiável, não continue a exercer as fu
      nções de vigilante do elevador. <h3>Serviço de vigilância do elevador</
      h3> No contrato de assistência relativo a serviços de vigilância de elev
      adores, os deveres legais do proprietário como, por ex., as inspeções reg
      ulares, eventual libertação de pessoas por pessoal formado, etc., são tra
      nsmitidos a um fabricante de elevadores, caso não se encontre continuamente
       um porteiro no local.<br /><br />A monitorização de elevadores ocorre com
       aparelhos adicionais eletrónicos, que transmitem os dados a um centro de o
      perações. Caso seja de...
' (2262 chars) related => protectedNULL uid => protected18 (integer) _localizedUid => protected266 (integer)modified _languageUid => protected4 (integer)modified _versionedUid => protected18 (integer)modified pid => protected118 (integer)
Glossário

Vigilante do elevador e serviço de vigilância do elevador

Âmbito das funções de um vigilante do elevador

Deveres e funções do/da vigilante de um elevador

No regulamento sobre sistemas de elevadores (Regulamento relativo a elevadores - AufzV) § 20 estão apresentados os deveres e as funções de um vigilante do elevador:

(1) Quem opera um sistema de elevador, no qual são transportadas pessoas, deve, no mínimo, solicitar um vigilante do elevador e instruir o mesmo,

  1. a vigiar o sistema,
  2. comunicar as falhas que ocorram no sistema a determinadas pessoas,
  3. impedir a continuidade de utilização do sistema, se forem colocados em risco pessoas encarregadas da reparação de falhas ou terceiros,
  4. a intervir, se ficarem presas pessoas na cabina do elevador devido a avarias operacionais.

Deve garantir que um vigilante do elevador está contactável a qualquer momento, enquanto o sistema estiver disponível para utilização.

(2) Apenas pode ser designado vigilante do elevador quem tiver completado 18 anos de idade e comprovado a sua competência para as suas funções num exame efetuado pelo perito. Os certificados dos exames devem ser conservados no local de operação do sistema.

(3) A autoridade fiscalizadora pode ordenar que, um vigilante do elevador que não possua a competência necessária ou que infrinja repetidamente as prescrições deste regulamento ou que de outra forma se tenha mostrado como não fiável, não continue a exercer as funções de vigilante do elevador.

Serviço de vigilância do elevador

No contrato de assistência relativo a serviços de vigilância de elevadores, os deveres legais do proprietário como, por ex., as inspeções regulares, eventual libertação de pessoas por pessoal formado, etc., são transmitidos a um fabricante de elevadores, caso não se encontre continuamente um porteiro no local.

A monitorização de elevadores ocorre com aparelhos adicionais eletrónicos, que transmitem os dados a um centro de operações. Caso seja detetado um erro de sistema ou uma avaria, o centro de operações envia um instalador especializado para a resolução do erro no sistema de elevador.

O serviço de vigilância do elevador é acordado entre o proprietário e o fabricante de elevadores.

voltar à vista geral